Pular para o conteúdo principal

Da Autobiografia de Santo Inácio


Padre Luís Gonçalves da Câmara
(Cap. 1, 5-9: Acta Sanctorum Iulii, 7 [1868] 647) (Sec. XVI)

Examinai os espíritos para ver se vêm de Deus

    Inácio gostava muito de ler livros mundanos e fantasistas, que costumam chamar-se «de cavalaria». Quando se sentiu livre de perigo, pediu que lhe dessem alguns deste género para passar o tempo. Mas não se tendo encontrado naquela casa nenhum livro desses, deram-lhe a «Vita Christi» e um livro da vida dos Santos, ambos em vernáculo.
    Com a leitura frequente destas obras, começou a ganhar algum gosto pelas coisas que ali estavam escritas. Mas deixando de as ler, detinha-se a pensar algumas vezes naquilo que tinha lido e outras vezes nas coisas do mundo em que antes costumava pensar.
    Entretanto, Nosso Senhor vinha em seu auxílio, fazendo com que a estes pensamentos se sucedessem outros, sugeridos pelas novas leituras. De facto, lendo a vida de Nosso Senhor e dos Santos, detinha-se a pensar consigo mesmo: «E se eu fizesse como fez São Francisco e como fez São Domingos?». E reflectia em muitas coisas destas, durante longo tempo. Mas sobrevinham-lhe depois os pensamentos mundanos de que acima se fala, e também neles se demorava longamente. E esta sucessão de pensamentos durou muito tempo.
    Mas havia esta diferença: quando se entretinha com os pensamentos mundanos, sentia grande prazer; e logo que, já cansado, os deixava, ficava triste e árido de espírito; quando, porém, pensava em seguir os rigores dos Santos, não somente sentia consolação enquanto neles pensava, mas também ficava contente e alegre depois de os deixar.
    No entanto, não advertia nem considerava esta diferença, até que uma vez se lhe abriram os olhos da alma e começou a admirar-se desta diferença e a reflectir sobre ela; e compreendeu por experiência própria que um género de pensamentos lhe deixava tristeza e o outro alegria.
    Mais tarde, quando fez os Exercícios Espirituais, foi desta experiência que tomou as primeiras luzes para compreender e ensinar aos seus irmãos o discernimento de espíritos.

RESPONSÓRIO 1 Pedro 4, 11.8a

R. Se alguém fala, diga palavras de Deus; se alguém exerce um ministério, faça-o como um mandato recebido de Deus, *    Para que em tudo seja Deus glorificado, por Jesus Cristo.
V. Conservai uma intensa caridade uns para com os outros. * Para que em tudo seja Deus glorificado, por Jesus Cristo.

Oração

Senhor nosso Deus, que suscitastes na vossa Igreja Santo Inácio de Loiola para propagar a maior glória do vosso nome, concedei que, à sua imitação e com o seu auxílio, combatendo o bom combate na terra, participemos da sua vitória no Céu. Por Nosso Senhor.

V. Bendigamos o Senhor.
R. Graças a Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mensagens de Nossa Senhora a Edson Glauber

  Em 03.04.2021 - Itapiranga-AM.   A paz meus filhos amados, a paz! Meus filhos, eu sua Mae, os convido à oração, à oração, à oração. Escutem o meu chamado que lhes faço. São chamados santos vindos do Senhor. Intercedam pelo bem das famílias, pelo bem de cada um de vocês e do mundo inteiro. Cada palavra que lhes dirijo é importante. Que elas entrem em seus corações e transformem suas vidas. Lembrem-se, meus filhos, quando estiverem desanimados e sem esperança invoquem o meu Imaculado Coração e receberão grandes graças. Recebam agora a minha benção: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!   Em 04.04.2021 - Itapiranga-AM.   A paz meus filhos amados, a paz! Meus filhos, o amor de Deus é imenso e sem fim. Peçam todos os dias este seu amor divino para vocês e suas famílias e verão o que o Senhor fará pelos seus que os amam. Dediquem-se sempre mais a oração, e assim, o Senhor lhes dará grandes graças que os ajudarão a converter os pecadores mais difíceis. Pers

NOVENA À SANTA JOANA D'ARC

Rezemos pedindo a intercessão de Santa Joana D'Arc pela santificação e conversão dos jovens mais rebeldes, perdidos e ingratos, que se encontram distantes dos três Sagrados Corações unidos de Jesus, Maria e José. I ORAÇÃO: Ó Santa Joana d’Arc, vós que, cumprindo a vontade de Deus, de espada em punho, vos lançastes à luta, por Deus e pela Pátria, ajudai-me a perceber, no meu íntimo, as inspirações de Deus. Com o auxílio da vossa espada, fazei recuar os meus inimigos que atentam contra a minha fé e contra as pessoas mais pobres e desvalidas que habitam nossa Pátria. Santa Joana d’Arc ajudai-me a vencer as dificuldades no lar, no emprego, no estudo e na vida diária. Ó Santa Joana d’Arc atenda ao meu pedido (pedido). E que nada me obrigue a recuar, quando estou com a razão e a verdade, nem opressões, nem ameaças, nem processos, nem mesmo a fogueira. Amém! 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória II ORAÇÃO: Ó mais pura Virgem e Gloriosa má

Mensagens de Nossa Senhora e de São José

  Em 23.03.2021 - Nossa Senhora   A paz ao teu coração! Meu filho, eu venho do céu para chamar o mundo à conversão. Eu desejo ardentemente a salvação de todos os meus filhos. Reze pelos que não acreditam e que continuam com os seus corações endurecidos e fechados para Deus. O Senhor pedirá um dia tanto destas almas e ai daquelas que se apresentarem diante dele com as mãos vazias, sem boas obras. Reze, reze muito para que todos os corações se abram a Deus, enquanto ainda há tempo para isso. Eu te abençoo!   Em 24.03.2021   A paz ao teu coração! Meu filho, seja testemunha da paz de Deus mesmo nas maiores perseguições e provas de tua vida. Nunca te deixes abater pelas dificuldades ou contrariedades, elas sempre existirão e estarão aparecendo em teu caminho espiritual para desanimar-te, mas eu te digo, lute e vença todas as dificuldades com fé e paciência. Os pacientes sempre terão a benção do Senhor. Que tuas orações cheias de amor possam subir ao céu como pedido e súplica