Pular para o conteúdo principal

RESPOSTA À PRELAZIA DE ITACOATIARA E À CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ



ASSOCIAÇÃO RAINHA DO ROSÁRIO E DA PAZ DE ITAPIRANGA


PARA HONRA E DE DEFESA DA RAINHA DO ROSÁRIO E DA PAZ E DOS TRÊS SAGRADOS CORAÇÕES UNIDOS



Manaus, 20 de novembro de 2017

                Que o Senhor seja sempre glorificado, adorado e amado!

            Em virtude dos tristes acontecimentos que ocorreram alguns meses atrás, pelo Decreto emanado pela Congregação para a Doutrina da Fé, conforme emitido e entregue pela Prelazia de Itacoatiara, na pessoa do Sr. Administrador Diocesano, Padre Graciomar Gama Fernandes, com a presença de alguns sacerdotes da Prelazia de Itacoatiara: Padre Alex Viana, Padre André Serrão e Padre Lindomar, ao Sr. Edson Glauber de Souza Coutinho e a Diretoria da ARRPI presente na data do dia 28 de março de 2017, onde se dizia:

         CONGREGAÇÃO
 PARA A DOUTRINA DA FÉ

07 de fevereiro de 2017

Protocolo N. 134/2014 -59020

Reverendíssimo Monsenhor,

            A Congregação para a Doutrina da Fé recebeu, na data de 01 de dezembro de 2016, a sua carta com a qual nos fornecia informações acerca do caso do Sr. EDSON GLAUBER DE SOUZA COUTINHO, presunto vidente e místico, da Prelazia territorial de Itacoatiara (Brasil).
            Avaliando atentamente o caso, este Dicasterio acredita que não resultam indícios de autenticidade acerca das alegadas aparições e, de consequência, das mensagens alegadamente recebidas. Portanto, a Congregação para a Doutrina da Fé acredita que o senhor deva adotar todas as medidas necessárias, a fim de:
1.         As alegadas mensagens não sejam difundidas na Prelazia de Itacoatiara;
2.         Não se faça menção no culto Divino celebrado no Santuário dedicado à “Nossa Senhora Rainha do Rosário e da Paz de Itapiranga” e nos outros lugares da Prelazia, sobre as alegadas aparições e mensagens que o Sr. Edson Glauber teria recebido;
3.         O Sr. Edson Glauber e a Associação Rainha do Rosário e da Paz de Itapiranga (ARRPI) se  abstenham  de uma maior difusão das ditas mensagens.
No que diz respeito ao pedido acerca da carta de apresentação que Monsenhor Carillo Gritti, I.M.C, deu ao Sr. Edson Glauber de Souza e aquelas que se reconhecem as alegadas aparições, o sucessor do Bispo Carillo Gritti irá tomar toda decisão adequada.
            Este Dicasterio comunica também que enviará cópia desta carta também ao Presidente da Conferência Episcopal Eslovena e ao Bispo da Diocese de Trieste (Itália), em cujos territórios o Sr. Edson Glauber continua a difundir as alegadas mensagens sobrenaturais.
Agradecemos-lhe pela cortês e preciosa colaboração, aproveito a ocasião para confirmar com sentimentos de distinto obsequio.







E na carta emanada pelo Sr. Padre Graciomar onde se dizia que a mesma “Congregação para a Doutrina da Fé, com carta datada de 30 de agosto de 2016, considerando que não obteve resposta às cartas anteriores mencionadas, solicitou a mim, Pe. Graciomar Gama Fernandes, Administrador dicocesano que fornecesse o quanto antes as informações solicitadas tais como, origem, videntes, manifestações do povo, cartas de D. Carillo e suas posições quanto ao fato, divulgações das mensagens e seus conteúdos, etc. Tais informações foram enviadas com brevidade, conforme pedia a Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé. Portanto, obediente às orientações da Santa Igreja, faço saber que: Com carta datada de 07 de fevereiro de 2017, a Congregação para a Doutrina da Fé, NÃO RECONHECE A AUTENTICIDADE DAS SUPOSTAS APARIÇÔES E, CONSEQUENTEMENTE, DAS MENSAGENS POR ELA PROFERIDAS. Esta carta de Padre Graciomar foi dada e passada na Cúria da Prelazia de Itacoatiara, aos vinte e quatro (24) dias do mês de março do ano de dois mil e dezessete (2017).
Em virtude que na entrega da referida Carta da Congregação para a Doutrina da Fé e do comunicado da Prelazia de Itacoatiara ao Sr. Edson Glauber e a Diretoria da ARRPI, o Sr. Padre Graciomar Gama Fernandes disse que o motivo para tais acontecimentos terem ocorrido foi a falta de contato com ele, dando a entender que por isso teve que dar as informações o quanto antes com brevidade, sendo que o mesmo Padre Graciomar participou das peregrinações do mês de agosto e novembro de 2016, e esteve presente a uma Assembleia importante da ARRPI no dia 21 de novembro de 2016, e nunca, em nenhum momento procurou os confidentes, esta Diretoria e Assembleia para saber informações sobre as aparições, mensagens, obras, mas se fez presente somente para impor, ser autoritário, acusar e mentir, alegando que o Santuário de Itapiranga tinha status de Paróquia e que o mesmo tinha a obrigação de dar o repasse de 10% a dita Prelazia de Itacoatiara, sendo que nunca foi apresentado um documento que comprovasse isso. O referido sacerdote mostrou-se a todos os membros da Assembleia Geral com intenções duvidosas, depois da sua presença na Assembleia e muito mais ainda por suas ações feitas às pressas relatadas para com a dita Congregação para a Doutrina da Fé. Esta Assembleia Geral constata que o mesmo agiu com má fé e com intenções que desejavam prejudicar a obra de Nossa Senhora, para encobrir erros e casos omissos, pois o mesmo já sabia que a ARRPI tinha sofrido grandes danos no seu patrimônio com as ações de Frei Germano Haraudou Hernani, Ex-presidente da ARRPI e Ex-Paróco de Itapiranga, onde a Paróquia também sofreu danos em seu patrimônio sendo o motivo do mesmo Frei ter feito sua carta de renúncia do cargo de Diretoria da ARRPI e depois  de ter sido retirado da Paróquia de  Itapiranga, por ordem de Dom Carillo Gritti. Estes assuntos graves, danos e erros cometidos contra esta Associação ARRPI foram vistos pelo Bispo Carillo Gritti, Padre Graciomar, Padre Raimundo, Frei Germano, Edson Glauber e Diretoria ARRPI, em reunião na Cúria da Prelazia de Itacoatiara. A Assembleia Geral também analisou o documento emanado pela Doutrina da Fé e constatou um grande erro: “Avaliando atentamente o caso, este Dicasterio acredita que não resultam indícios de autenticidade acerca das alegadas aparições” ...Ora, se a mesma Congregação para a Doutrina da Fé diz que o caso foi avaliado atentamente por um Dicasterio, tal proibição veio somente direcionada ao Sr. Edson Glauber e a ARRPI, esquecendo-se da pessoa que viu Nossa Senhora pela primeira vez, a Sra. Maria do Carmo. Já que ela não recebeu nenhuma proibição isso indica que ela pode continuar falando das referidas aparições e mensagens não? Erro da Congregação para a Doutrina da Fé ou informações transmitidas erroneamente a mesma e às pressas por um sacerdote mal-intencionado?
Assim sendo, o Sr. Fundador, Gestor da ARRPI e Confidente de Nossa Senhora Edson Glauber de Souza Coutinho e sua mãe, a Sra. Fundadora, Gestora e Confidente de Nossa Senhora, Maria do Carmo Carvalho de Souza Coutinho, bem como seu esposo e familiares, proprietários do terreno onde ocorrem as manifestações, peregrinações, celebrações e orações e a Diretoria da ARRPI seja Brasil e Itália, responsáveis Jurídicas da ARRPI, por ordem da Assembleia Geral pedem explicações e correções do errôneo decreto pronunciado em base de afirmações falsas, incoerentes, devido as ações duvidosas, más intenções, mentiras transmitidas a dita Congregação para a Doutrina da Fé.
A Assembleia Geral decide que todas as ofertas, terrenos adquiridos, doações feitas em nome da Prelazia de Itacoatiara com o único intuito de favorecer e beneficiar a obra da Rainha do Rosário e da Paz de Itapiranga sejam restituídos a família do Sr. Confidente Edson Glauber e Maria do Carmo, bem como repasses das ofertas  feitos pelo Padre Danillo Cappelletto ao Bispo falecido Carillo Gritto que ficaram na Prelazia de Itacoatiara, repasses feitos recentes à Prelazia de ofertas e celebrações no local das aparições e repasses e doações feito à Paróquia de Itapiranga, conforme documentos e registros em posses dos Gestores e   da Diretoria da ARRPI e solicita ao novo Bispo atual Dom José Ionilton que veja e resolva esta situação o quanto antes, pois a mesma Assembleia Geral  pede solução imediata, porque a obra de Nossa Senhora e os confidentes foram difamados e sofreram grandes danos por meio dos seus sacerdotes, os mesmos confidentes que antes eram acolhidos e aceitos pelo Bispo falecido Carillo Gritti. Após a morte dele, em poucos meses, tudo mudou e se tornou mentira? Ou foi uma grande imprudência e erro causados por quem queria acobertar os seus erros? Outro fato estranho é que no referido decreto feito a dita Congregação diz que o novo Bispo deveria ver todas as coisas. Então, porque a dita Congregação não esperou também a chegada do novo Bispo para saber sobre os fatos e entrou logo em contato com um sacerdote da Prelazia de Itacoatiara que não entendia nada do caso e não sabia dar as justas informações? Aqui há uma grande contradição e imprudência. Sabemos que o novo Bispo Prelado, que recentemente chegou a esta Prelazia está muito empenhado com seus afazeres e compromissos Pastorais, mas gostaríamos de expor aqui o fato de que os confidentes de Nossa Senhora, a ARRPI e esta Assembleias Geral na pessoa de todos os seus membros e doadores foram difamados pela mesma Prelazia de Itacoatiara. Gostaríamos também de dizer que temos os nossos compromissos e trabalhos a fazer nesta obra que também é de suma importância e para o bem de muitas almas. Queremos uma solução imediata, caso contrário serão usados os meios Jurídicos e Penais.
Visto que tais fatos são duvidosos e contraditórios, não condizendo com a realidade vivida, testemunhada pelos membros desta Assembleia Geral, pelos muitos peregrinos e doadores que visitam o local das aparições e pelo testemunho das muitas pessoas que ouviram o testemunho do Sr. Edson Glauber e de sua mãe, presenciando milagres, curas e sinais, com a mudança e conversão de muitas milhares de pessoas no decorrer de todos estes anos, o Sr. Edson Glauber não se vê obrigado a obedecer uma imposição estranha e sem sentido direcionado a ele e a ARRPI, onde se pede silêncio total,  onde existem fatos obscuros a serem esclarecidos sobre o que foi dito sobre sua pessoa e sobre a ARRPI. Portanto, as mensagens continuarão a serem publicadas e difundidas para os que desejarem delas tomarem conhecimento. Para maiores esclarecimentos, a Prelazia de Itacoatiara e a Congregação para a Doutrina da Fé  procure a ARRPI e a sua Assessoria Jurídica para futuro diálogo, pois a mesma Associação tomará providenciais diante de sua Assessoria Jurídica.
Salve, a Rainha do Rosário e da Paz!
Salve, os três Sagrados Corações Unidos de Jesus, Maria e José!

A DIRETORIA ARRPI



Documentos das ofertas realizadas pelos doadores Giorgio e Mariangela Pecorari

Como estes existem umas 80 páginas de todas as doações feitas no decorrer de todos estes anos e que ficaram em posses do Bispo falecido Carillo Gritti e consequentemente na Prelazia de Itacoatiara, tudo isso como causa, a obra da Rainha do Rosário e da Paz, em Itapiranga. 

Todas estas ofertas estão documentadas e registradas e foram repassadas a Prelazia de Itacoatiara pelo Padre Danillo Cappelletto, porque naquele tempo muitas doações vindas do exterior pelos italianos foram depositadas em sua conta BANCOPOSTA PIMEDIT ONLUS.Cod. 00171774, Missionário do P.I.M.E. e outras ofertas que o Bispo Carillo recebeu na conta criada por sua sobrinha Pierangela Feliciani, com o nome Associação ARRPI, IT05 P020 2000 0010 0978 677 Unicredit SPA Martinengo, com o nome causa: Santuário de Itapiranga Muitas desta ofertas foram feitas pelos doadores italianos Sr. Giorgio e Mariangela Pecorari. Outras ofertas, o sr. Giorgio e Mariangela Pecorari  entregaram em mãos do Bispo Carillo  quando este viajava à Itália. Fora as outras ofertas que foram feitas e que não temos conhecimento.

Carta do Sr. Giorgio e Mariangela Pecorari sobre as ofertas feitas durante todos estes anos destinadas a Padre Danilo, Dom Carillo Gritti e conta criada pela sua sobrinha Pierangela Feliciani a Martinengo levando o nome da Associação ARRPI. A mesma conta depois foi cancelada.



























Carta de Padre Danilo Cappelletto enviada a Edson Glauber sobre as ofertas.



Declaração de Padre Danilo ao Sr. Giorgio e Mariangela sobre a compra do terreno dos pais de Edson Glauber e da reunião ocorrida na casa Paroquial da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré entre ele, Dom Carillo, Edson e seus pais e  sobre o valor: R$60.000,00 comprado com as ofertas dos peregrinos, feito no dia 20 de junho de 2005 via fax.




Recibo da compra do imóvel  do pai de Edson  realizado apenas com as ofertas dos peregrinos, que foram usados por Dom Carillo, e que acusa o valor de R$40.000,00. Padre Danilo deu R$60.000,00 para comprar o terreno. Onde estão os outros R$20.000,00?

Vídeo de Dom Carillo Gritti, feito a Mozzo, dia 02 de outubro de 2005, onde fala aos doadores presentes a Mozzo e das ofertas recebidas de Padre Danilo  e a compra do terreno dos pais de Edson.






Sem dispensar a vossa ajuda, sem dispensar, o terreno que foi comprado, lá onde Nossa Senhora apareceu, foi do dinheiro que foi entregue por Padre Danilo. ( Dom Carillo Gritti)

Documento de Promessa de doação dos terrenos destinado a obra de Nossa Senhora em Itapiranga.






Quando a ARRPI foi fundada foi solicitado do Bispo Carillo Gritti que as ofertas feitas em nome do Santuário e da obra de Nossa Senhora realizadas pelo Sr. Giorgio e Mariangela Pecorari fossem transferidas a conta da Associação por direito, pois o mesmo Padre Danilo já havia repassado todos os valores a Prelazia de Itacoatiara a pedido do Bispo. O Bispo Carillo apenas entregou a ARRPI um cheque de R$100.000,00  ficando o restante do dinheiro na Prelazia de Itacoatiara, mas que deveria ser entregue a referida Associação, pois não pertencia à Prelazia de Itacoatiara, mas para a obra de Nossa Senhora Rainha do Rosário e da Paz.

Abaixo, rebibo do documento pago pela ARRPI da compra de um terreno que foi doado a Prelazia de Itacoatiara porque o mesmo Bispo Carillo desejava a propriedade para fazer o estacionamento do Santuário. A ARRPI pagou o terreno e doou a Prelazia de Itacoatiara. O mesmo Bispo pediu que o recibo e o documento fosse colocado no nome da Prelazia de Itacoatiara, mas o mesmo terreno foi comprado com dinheiro da ARRPI.







Comprovantes de alguns repasses feitos pela ARRPI à Prelazia de Itacoatiara, a pedido do Sr. Administrador Diocesano Padre Graciomar Gama, quando alegava que a mesma deveria passar 10% a dita Prelazia, porque o Santuário tinha status de Paróquia. Nunca foi apresentado nenhum documento, nunca foi entregue nada a ARRPI. Estes são apenas alguns dos comprovantes emitidos pela Prelazia de Itacoatiara dos valores recebidos. O mesmo queria ter mudado os artigos do Estatuto Social da ARRPI, porque queria que a mesma ficasse totalmente dependente à Prelazia de Itacoatiara. Como ele poderia exigir e pedir isso se as aparições ainda não foram reconhecidas pela Igreja? Por qual motivo ele queria fazer isso o quanto antes e que fossem acatados e aceitos os seus pedidos? Não é reconhecido a autenticidade das supostas aparições, mas a Igreja deseja usar as ofertas dos peregrinos? Os confidentes e a ARRPI não podem mais falar nada e devem ficar calados, mas a Prelazia pôde usar das ofertas doadas no local das aparições?








Vídeo de Dom Carillo Gritti, diante da Capela de Ghiaie di Bonate, Bergamo, falando sobre o Santuário, sobre as aparições e sobre Edson Glauber, no dia 27 de abril de 2008.




Se alguém me dissesse: o senhor acredita que Nossa Senhora aparece a Edson? E eu responderia tirando-me da dificuldade, com a maior simplicidade: Não apareceu a mim, eu não sei! Porém, testemunho a vocês que milagres aconteceram, para os licenciados somente vale aquilo que se toca com as mãos, mas não tudo se toca com as mãos, as conversões quem toca com as mãos? Antes de tudo precisa acreditar nas conversões e sem dúvida, do meu ponto de vista, uma conversão vale quanto um milagre, vale quanto um milagre de um que tem a perna torta e que a endireita, talvez vale muito mais, porque para endireitar uma perna torta basta um cirurgião, para endireitar a consciência nem psicólogos, bem neurologistas, nem psicanalistas, nem mesmo nos sacerdotes endireitamos, somente Deus que é o Pai de toda consciência.
Digo a quem me perguntou já há três ou quatro anos o que eu pensava do Santuário... eu disse: escute, excelência! Faço um Santuário. Faço uma coisa errada? Porque depois de 14 anos, um grupo de 400 e 500 pessoas, de Manaus vão a Itapiranga frequenta este lugar, fazer um santuário não é uma coisa má!
Eu estou convencido que alguma coisa de grande nascerá, que um dia, talvez tenha um ponto, onde o Amazonas possa concorrer a reafirmar a fé, mas sobretudo, eis uma coisa que eu gosto de entreter-me, é que todas as vezes que Edson, Edson, repito, é o vidente, fala, fala de conversão em termos muito práticos, sem reter ou vergonha, que muitas vezes nós homens de Igreja temos, quando devemos dizer e não falamos: isto é pecado, isto não é pecado!...A nós homens de Igreja nos veio a faltar isso, a nós homens de Igreja...Eu creio que não me veio a falta  tudo isso, mas devemos ter a coragem da clareza, a coragem do Evangelho: isto se faz, isto não se faz. Quem faz assim erra, quem faz assim faz justo!... Quero dizer-vos, e dizer-vos com o coração sereno de uma parte, e apressado no sentido nosso, rezemos para que a Igreja retome a coragem de ser Igreja, rezemos para que a Igreja retome a coragem de ser Igreja começando de nós, de nós sabeis o que quero dizer, sou um Bispo, começando da Igreja, começando do Bispo, para ter a coragem...Ah mas depois nos enfrentamos, depois não tem diálogo. Senhores meus, os apóstolos não procuraram o diálogo...O discurso que fez São Pedro depois de receber o Espírito Santo saiu do cenáculo, porque estava com os Apóstolos e Maria Santíssima, e com toda a coragem, no peito, próprio de Pedro que é um grande Santo, Jesus Cristo não errava nas escolhas, ele apontou súbito e disse: sabeis o que aconteceu nestes dias, que aquele Jesus de Nazaré, que vós crucificastes, ele disse com palavras claras assim, que vós crucificastes ressuscitou...Não teve medo de ninguém. Não pediu diálogo, simplesmente se apresentou e disse lá a verdade, aquele que vós crucificastes ressuscitou e ressuscitou para todos, então que a Igreja recupere a coragem... (Dom Carillo Gritti, 27 de abril de 2008)

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

PECADO SENSUAL CONTRA A NATUREZA.

No Apocalipse está presente tal condenação. A primeira condenação, implícita e muito forte, já a encontramos no relato da criação do Homem. Como coroamento da Sua obra, Deus fez o Homem  "à Sua imagem"... E fê-lo  "varão e mulher". Prossegue a Escritura:  "Deus abençoou-os e disse-lhes: 'Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a Terra e submetei-a' "  (Gn 1, 27-28). Esta passagem encerra um dos fins da diferenciação sexual:  a procriação . Será esta a única razão pela qual Deus criou dois sexos na espécie humana? Não é; pois o homem e a mulher são diferentes também para que se possam completar mutuamente. O isolamento do homem é descrito, pelo Génesis, como um mal: "Não é bom que o homem esteja só. Vou fazer-lhe uma auxiliar, que lhe corresponda"  (Gn 2, 18). Ao ver a mulher, tirada do seu lado, o homem exclama, exultante: "Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne!"  (Gn 2, 23). Ao contrário dos irracionais, q

Mensagens de Nossa Senhora a Edson Glauber

  Em 03.04.2021 - Itapiranga-AM.   A paz meus filhos amados, a paz! Meus filhos, eu sua Mae, os convido à oração, à oração, à oração. Escutem o meu chamado que lhes faço. São chamados santos vindos do Senhor. Intercedam pelo bem das famílias, pelo bem de cada um de vocês e do mundo inteiro. Cada palavra que lhes dirijo é importante. Que elas entrem em seus corações e transformem suas vidas. Lembrem-se, meus filhos, quando estiverem desanimados e sem esperança invoquem o meu Imaculado Coração e receberão grandes graças. Recebam agora a minha benção: em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!   Em 04.04.2021 - Itapiranga-AM.   A paz meus filhos amados, a paz! Meus filhos, o amor de Deus é imenso e sem fim. Peçam todos os dias este seu amor divino para vocês e suas famílias e verão o que o Senhor fará pelos seus que os amam. Dediquem-se sempre mais a oração, e assim, o Senhor lhes dará grandes graças que os ajudarão a converter os pecadores mais difíceis. Pers

NOVENA À SANTA JOANA D'ARC

Rezemos pedindo a intercessão de Santa Joana D'Arc pela santificação e conversão dos jovens mais rebeldes, perdidos e ingratos, que se encontram distantes dos três Sagrados Corações unidos de Jesus, Maria e José. I ORAÇÃO: Ó Santa Joana d’Arc, vós que, cumprindo a vontade de Deus, de espada em punho, vos lançastes à luta, por Deus e pela Pátria, ajudai-me a perceber, no meu íntimo, as inspirações de Deus. Com o auxílio da vossa espada, fazei recuar os meus inimigos que atentam contra a minha fé e contra as pessoas mais pobres e desvalidas que habitam nossa Pátria. Santa Joana d’Arc ajudai-me a vencer as dificuldades no lar, no emprego, no estudo e na vida diária. Ó Santa Joana d’Arc atenda ao meu pedido (pedido). E que nada me obrigue a recuar, quando estou com a razão e a verdade, nem opressões, nem ameaças, nem processos, nem mesmo a fogueira. Amém! 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória II ORAÇÃO: Ó mais pura Virgem e Gloriosa má